CÂNCER DE PRÓSTATA

Depois dos tumores de pele o câncer de próstata é o tumor mais comum do homem, tem associação com a idade sendo mais comumente detectado em pacientes com 50 anos ou mais. Por conta disso, o principal fator de risco do câncer de próstata é a idade avançada. Fatores genéticos também entram como um fator de risco para esse tipo de doença: pai e irmãos tendo câncer de próstata, afrodescendentes.

Além desses dois itens, os fatores de risco para o câncer, no geral, também podem aumentar as chances de desenvolver esta doença: tabagismo, alcoolismo, sedentarismo, excesso de peso.

Sintomas

O câncer de próstata costuma ser uma doença silenciosa. Muitas vezes, os pacientes que estão ainda no início da doença (fase em que o início do tratamento ajuda em uma recuperação mais rápida e efetiva) podem não apresentar nenhum sintoma.

 

Os sintomas do câncer de próstata já em estado avançado podem incluir:

  • Dificuldade de urinar,

  • sentir vontade mais frequente de urinar;

  • diminuição da potência do jato de urina;

  • dor óssea;

  • impotência sexual;

  • presença de sangue no sêmen ou na urina;

  • incontinência urinária; e

  • insuficiência renal.

 

Como nem todo paciente pode apresentar esses sinais, é essencial a realização anual do exame de próstata, conduzido pelo urologista. Esse exame consegue ajudar o paciente a detectar a doença em sua fase inicial, facilitando a realização do tratamento. Outros exames de imagem também conseguem ajudar o médico na hora de detectar essa condição.

Vale lembrar que a presença desses sintomas não equivale, necessariamente, a um diagnóstico de câncer de próstata, sendo necessário realizar acompanhamento médico para remover toda e qualquer dúvida.

Diagnóstico

O rastreio do câncer de próstata é feito por meio do exame de toque retal e complementado com um exame de sangue (PSA), este aparece em níveis elevados quando o câncer está presente.

Biópsias e outros exames de imagem como a ressonância magnética ou o PET-SCAN com PSMA também podem ser solicitados para confirmar o diagnóstico do câncer de próstata. 

Tratamento

O tratamento do câncer de próstata costuma ser decidido em conjunto pelo médico urologista e seu paciente, as modalidades possíveis são escolhidas de forma individual e vão depender de alguins fatores como a idade, condições de saúde e estágio da doença.

O procedimento padrão de primeira linha para o tratamento curativo do câncer de próstata é a prostatectomia radical robótica. Nesta cirurgia é feita a remoção total da próstata a fim de curar a doença, porém com a máxima preservação da função sexual e continência urinária. Além de maximizar os resultados funcionais e oncológicos a cirurgia robótica permite melhor resultado estético, menor tempo de internação hospitalar e retorno mais precoce às atividades habituais do paciente.

Dúvidas

Ainda com dúvidas? Entre em contato comigo pelo formulário abaixo, pelas redes sociais ou agende uma consulta.